COOASGO participa do 2° Fórum de Desenvolvimento da Suinocultura
Segunda-feira, 21 de Maio de 2018 |

Na última sexta-feira (18/05), cooperados e colaboradores ligados ao Ramo da Suinocultura da COOASGO, participaram do 2° Fórum de Desenvolvimento da Suinocultura e da comemoração de 25 Anos da Associação Sul-Mato-Grossense de Suinocultores durante a 54° Expoagro.

Durante a programação do Fórum, que começou às 13h30, foi apresentada a reformulação do Leitão Vida, programa de bonificação do suinocultor, além de palestras sobre sustentabilidade, fertirrigação de pastagens e bem estar animal. Também aconteceu o lançamento do programa Granja Plus, terminando com um jantar de confraternização.
“São mais de duas décadas de conquistas, vencendo etapa por etapa, buscando melhorias dentro e fora da porteira, por meio de parcerias. Existem muitos produtores interessados em ingressar na atividade, além dos que já estão atuando, querendo ampliar a atividade. Os produtores rurais percebem que criar suínos em Mato Grosso do Sul é, de fato, um bom negócio”, afirma o presidente Celso Philippi Júnior.
Em Mato Grosso do Sul a suinocultura gerou 147,2 mil toneladas de carne em 2017, isso faz do Estado o 8º lugar no ranking nacional da produção de carne suína, consolidando a atividade como estratégica para o desenvolvimento regional.
Dados do MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior) mostram que entre janeiro e março de 2018 as exportações de carne suína in natura de Mato Grosso do Sul cresceram 69% em relação ao mesmo período de 2017, somando 2,7 mil toneladas. Em relação a 2016, a venda no mercado externo cresceu 87%.

O presidente da entidade (Asumas), Celso Philippi Júnior, dirigiu a cerimônia de comemoração dos 25 anos da Associação, quando apontou uma nova fase para o segmento. O evento aconteceu durante a 54ª Expoagro, em Dourados (MS).
“Os suinocultores de Mato Grosso do Sul têm alcançados novos patamares. A empresa Agriness nos conferiu o título de Estado com os melhores resultados técnicos do país. São 25 anos de história e de estruturação de uma suinocultura, que começou de uma maneira muito incipiente, mas que hoje está fortalecida, por ter sido construída sob uma base sólida. Nossos produtores são engajados e entendem a necessidade de estarmos unidos, bem representados, para que juntos, possamos acumular mais força e obter aquilo que precisamos. Com isso, iniciamos agora uma nova fase de crescimento contínuo”, pontua o presidente.
O desenvolvimento do setor em MS é reconhecido pelo presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), Marcelo Lopes. “Mato Grosso do Sul registra a maior produtividade de suínos do Brasil. É um Estado que está crescendo e com um potencial gigantesco na suinocultura, com topografia excelente e chuvas constantes. Não tenho dúvida que em breve estará se comparando com estados campeões também em volume de produção”, destaca Lopes, referindo-se à média de 30 animais desmamados, por matriz ao ano, em MS.
Representando o Governador Reinaldo Azambuja, o dirigente da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck, destacou o desenvolvimento de políticas públicas para a suinocultura. “Há uma expectativa do Governo do Estado, inclusive estamos fazendo uma revisão do programa de incentivo, para que continue uma aceleração desse crescimento. Hoje MS pode ser considerado bola da vez na expansão da suinocultura. Apresentaremos uma política muito clara de incentivo aos produtores, com o objetivo de dar competitividade à cadeia, mas principalmente, àqueles que investem em tecnologia, que automaticamente terão mais incentivos do Governo do Estado.
O setor também conta com o apoio da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Sistema Famasul), que elabora, juntamente com a Asumas, Avimasul e Senar/MS, um novo programa que capacitará as granjas do Estado. “Assim como o Soja Plus, vamos buscar por meio do Granja Plus, fazer com que além de todos os regramentos estabelecidos pela legislação brasileira, sejamos referência nas questões ambientais, trabalhistas e sociais, e ainda na gestão da propriedade”, aponta o presidente da Famasul, Mauricio Saito.

Fonte: Asumas

 

  • 15 Jun 2018

    Abate de suínos tem o melhor resultado para 1º trimestres desde 1997

    Leia mais
  • 11 Jun 2018

    Quase todas as praças do vivo tiveram alta na semana

    Leia mais
  • 07 Jun 2018

    COOASGO entrega motocicleta ao sorteado do mês de maio da Promoção "25 anos - 25 chances de ganhar".

    Leia mais
  • 07 Jun 2018

    Suíno vivo tem dia de estabilidade em todas as principais praças

    Leia mais

Ver outras notícias